FENG SHUI  
 

O QUE É?

GLOSSÁRIO DO FENG SHI

FENG SHUI PRÂNICO

ROTEIRO PARA ANÁLISE DE HARMONIZAÇÃO DE AMBIENTE

NA ARQUITETURA E NA DECORAÇÃO

DESORDEM X LIMPEZA

QUESTIONÁRIO "ANÁLISE PARA O FENG SHUI"

QUESTIONÁRIO “ANÁLISE PRÂNICO EMPRESARIAL”


O Feng Shui Tradicional, muito diferente do que o modismo ao qual foi associado, é um estudo que envolve os ciclos cósmicos; a relação entre o Sol e a Terra e as fases da energia geradas por essa interação; o eletromagnetismo terrestre; a paisagem e topografia na qual a construção está inserida; os caminhos externos (ruas e passeios); os materiais e a forma da construção; a distribuição dos cômodos; as cores e suas implicações energéticas e psicológicas; os caminhos internos; o uso dos cômodos e a disposição e posicionamento dos móveis para uma melhor circulação do fluxo da energia.

Além de levar em conta todos os fatores relacionados à construção propriamente dita, temos que considerar ainda que tipo de atividades seja exercido no local, a função de cada cômodo, e de crucial importância, as necessidades bio-energéticas das pessoas que vão utilizar esse imóvel, como você verá nas explicações a seguir.

O Feng Shui é apenas uma das influências em nossas vidas e não pode alterar os acontecimentos do 'destino' (que aqui pode ser entendido também como constituição genética ou bioenergética) de uma pessoa. À vezes, podemos até mesmo reverter fases difíceis com a ajuda de um bom Feng Shui, mas é preciso conhecer o outro lado de um imóvel, que é a própria pessoa. Um bom destino associado a um bom Feng Shui é sinônimo de muito sucesso.

ESCOLA DA FORMA

Os princípios da mais antiga escola de Feng Shui, a escola da forma, são utilizados ainda hoje pelos especialistas contemporâneos do método.

Atentos observadores da natureza, os chineses notaram que os elementos que dela faziam parte podiam ser reduzidos a cinco formas principais. Mais: viram que esses elementos podiam ser simbolizados em formas de ícones. Por exemplo: o triângulo representa o fogo, pois a chama tem forma triangular; o cilindro é o símbolo da madeira, pois lembra um tronco de árvore; a estabilidade do quadrado representa a terra; formas onduladas, a água; e o círculo, o metal.

Mas o que os chineses mais gostavam de associar ás forças eram os animais. A tartaruga, com sua estabilidade, estão associadas no inverno e ao norte; a fênix, um pássaro mítico, está ligado ao fogo e ao sul; no leste fica o tigre, branco, que corresponde ao outono, a oeste, o dragão, verde, associado á primavera. No centro fica a cobra, marrom- amarelada como a terra.

O estudo das formas será base de outra grande escola da Bússola.

ESCOLA DA BÚSSOLA (Ba-Zhai e a das Estrelas Voadoras):
- BA-ZHAI:


Comumente denominado de Oito Mansões. Para essa técnica, é utilizada uma bússola. A técnica dos 8 Palácios baseia-se num estudo fixo do local, e o seu uso prático é muito recomendado para constatarmos as relações entre os moradores e a residência. No Ba Zhai, quanto mais estruturado o lote ao Luan Tuo (estudo do meio externo), e a casa com relação à forma (plantas baixas estáveis, principalmente com forma regular), maior é a influência das curas.
Cada Portal ou Direção possui uma característica própria, positiva ou negativa, baseada nas Mutações dos Trigramas do Yi Jing (Na Jia). Assim, é usado um dos elementos (Madeira, Fogo, Terra, Metal ou Água) para se potencializar alquimicamente um Setor Benéfico ou curar um Setor Maléfico, harmonizando por fim, o ambiente. Nesse sistema, divide-se a construção em 8 partes como uma pizza e cada uma dessas áreas, está associada a uma das 8 direções cardeais, a um elemento e a um trigrama.

Toda a base dessa escola de Feng Shui tradicional está na comparação entre os trigramas relacionados a cada uma das 8 áreas. Cada imóvel de acordo com sua orientação norte sul, fachada, assentamento, entrada de energia, possui um trigrama associado a ele.

Sobre as Entidades Empresariais, cada tipo de atividade empresarial pode ser associada a um dos 8 trigramas. Quando para um imóvel qualquer o trigrama associado a sua atividade gera uma boa energia em relação ao trigrama do imóvel, ele está adequado ao tipo de atividade. Quando o trigrama associado à atividade não forma uma boa interação com o trigrama que rege o imóvel o imóvel pode até ser bom, mas não é adequado a atividade lá exercida. Por isso alguns imóveis são mais favoráveis para restaurantes, outros para escritórios contábeis, outros para lojas.

- ESTRELA VOADORA:

Essa escola leva em conta principalmente as relações entre o Qi Celeste (estudo da evolução dos ciclos astrológicos - fator Tempo) e o Qi Terrestre (aspectos do Quadrado Mágico - fator Espaço) existentes nas construções, e suas respectivas dinâmicas energéticas a cada dia, mês, ano.

Os estudos das Estrelas Voadoras se baseiam nas interpretações qualitativas dos números do Luo Shu e suas respectivas variações de acordo com o momento energético. O maior segredo dessa escola está na interpretação do mapa energético da construção.

A técnica das "Estrelas Voadoras" leva em conta todos os fatores anteriores, mais a influência do tempo sobre o imóvel.

Cada imóvel no momento da cobertura da construção, adquire o Qi celeste e terrestre do momento. Dependendo da fachada e do assentamento, essa energia capturada pela casa evolui de modo Yin ou Yang, e cada fatia fica então associada a uma combinação energética de três fatores. Um representando o tempo, o momento da construção, que indica como soa as oportunidades no imóvel. Outra indicando a energia Yang, a Água, que indica como é a prosperidade no imóvel. Outra que mostra a energia Yin, que indica como é a saúde e como são os relacionamento dos moradores. Cada imóvel tem seu diagrama de estrelas que não muda, a não ser que seja alterada a fachada e o assentamento, ou que seja descoberto o imóvel e com isso mudado o período da construção.

ESCOLA DO CHAPÉU NEGRO

Conquistou o ocidente por sua simplicidade, onde se tem um sistema padronizado para todas as edificações e casos. Segundo a "Escola do Chapéu Negro", para definir as posições dos "Guás", basta alinhar a parte inferior da área do "TRABALHO", com a parede da porta de entrada de sua Casa. E em seguida girar o GUÁ nas áreas da Prosperidade, Sucesso, Relacionamentos, Criatividade, Amigos, Espiritualidade e Família. A chave do sucesso dessa escola está unicamente na ativação desses GUÁS com os elementos adequados. Observou-se que quando não se tem o elemento correspondente a um determinado "Guá", há o desequilíbrio de "Ch'i", resultando em efeitos negativos. Uma casa limpa e organizada é fundamental. No ( Guá) do centro da casa é onde ocorre o fluxo e refluxo das energias. Os banheiros são os locais de maior escoamento de energia. Para segurar o "Ch'i " nesses ambientes, mantenha a porta, ralos e a tampa do vaso fechadas existem também amuletos para se colocar nesses locais, a fim de lacrar o escoamento de energias. Como você pode observar, essa técnica é mais simples de ser aplicada, pois não existe nenhum estudo dos ciclos cósmicos, assim como dos seus integrantes.

 

Copyright© 2009 Márcia Cristina Gil Terapeuta Holística - Todos os direitos reservados. - Mapa do Site
Projeto: DesignR / Desenvolvimento: Web3dr