TÉCNICAS COMPLEMENTARES  
 

FLORAIS

O FLORAL MAIS ADEQUADO

I CHING

CRISTAIS-QUARTZO

QUESTIONÁRIO
“ESTUDO PERSONALIZADO”
AURICULOTERAPIA

O QUE É?

É um tratamento de acupuntura na orelha, uma prática ainda pouco conhecida, mas que já vem sendo desenvolvida desde as antigas civilizações orientais. A medicina apresenta novas descobertas, sempre buscando soluções para nossas angústias e desconsolo. Uma delas é a medicina alternativa que, para muitos, pode parecer uma bobagem, mas não é bem assim.

Este tratamento terapêutico consiste na estimulação dos pontos cutâneos específicos da orelha, promovendo assim uma estabilidade interna do organismo.

Ao observarmos a orelha (também conhecida como pavilhão auricular), podemos notar sua semelhança com um feto de cabeça para baixo. Se massagearmos os lóbulos da orelha, que representam a cabeça, simultaneamente com a ponta dos dedos indicador e polegar por 10 minutos, é possível aliviar dores de cabeça. Isto prova que os estímulos em regiões da orelha se refletem em nosso organismo.

Cada ponto auricular é uma terminação nervosa. O estímulo exercido sobre um determinado ponto percorre os ramos nervosos até o tronco cerebral e, em seguida, até a região do córtex cerebral correspondente ao órgão ou função estimulada, de onde é enviada uma mensagem da glândula hipófise (pituitária) que governa todas as glândulas do corpo, para equilibrar as funções do órgão estimulado.

Quando sucedem desequilíbrios em nosso organismo, eles se manifestam no ponto ou na área da orelha correspondente ao órgão ou função comprometida, por meio de mudanças morfológicas, na coloração da pele, dor à pressão, baixa resistência elétrica etc. O ponto diagnosticado é então empregado para o tratamento, aplicando sobre ele agulhas, sementes, cristais de quartzo, eletroestimulação, entre outros, obtendo assim a melhora dos sintomas e da causa do desequilíbrio.

Na Auriculoterapia é possível tratar qualquer tipo de desequilíbrio, seja ele de fundo orgânico ou nervoso. A técnica pode ser associada a qualquer terapia, como a Fitoterapia (plantas medicinais), os Florais de Bach, Essências de Cristais, Cura Prânica, Reiki, Psicoterapia, Fisioterapia, Homeopatia, tratamento Alopático e muitas outras. As crianças também podem ser tratadas pela Auriculoterapia com a vantagem de não ocorrer efeitos colaterais. A única contra-indicação seria para as gestantes até o 5º mês de gravidez, pois existem pontos que atuam sobre o útero e poderiam provocar o aborto. Os resultados mais conhecidos dado o seu sucesso são os de emagrecimento, tabagismo, TPM e dores de qualquer origem.

Atualmente, a Auriculoterapia é considerada parte importante da Medicina Tradicional Chinesa, e pode ser utilizada tanto como técnica complementar à Acupuntura quanto como técnica principal, pois possui um corpo teórico independente no tratamento e diagnóstico de distúrbios, sendo, inclusive, reconhecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Por estimular o próprio organismo a se curar, produzindo substâncias que venham restabelecer o funcionamento equilibrado dos órgãos, a Auriculoterapia vem ganhando cada vez mais espaço e reconhecimento, dentro da área das Terapias Naturais, no mundo e agora também no Brasil.

PARA QUE SERVE?

Além dos casos de dor, obesidade, bronquite etc., várias outras doenças funcionais podem ser tratadas pela Auriculoterapia. Dentro da concepção chinesa, seria uma forma de readquirir a harmonia perdida. Entre as doenças tratáveis pela estão: gastrite, úlcera, estresse, depressão, ansiedade, sinusite, insônia, hipertensão arterial, obesidade, diabetes etc.

QUANDO COMEÇAR O TRATAMENTO?

De preferência no início dos sintomas. Quanto mais recente o problema, maior e mais rápida a possibilidade de resolvê-lo. O lado preventivo da Auriculoterapia consiste na possibilidade de ir contra a doença antes que ela se manifeste em sua plenitude, isto é, no estágio onde sabemos que estamos quase ficando doentes, mas ainda não há sintomas concretos, na fase de mal estar que precede a doença.

QUAL É O MECANISMO DE AÇÃO?

Pela medicina chinesa, seria devido ao restabelecimento dos canais de energia do corpo (meridianos), levando a um equilíbrio e harmonia do corpo. Pela medicina ocidental, sabe-se que o estímulo dos pontos leva à produção de substâncias que teriam ação sobre receptores do sistema nervoso (neurotransmissores e neuromediadores), e que o resultado final seria a normalização das funções alteradas. A Auriculoterapia (ou a Acupuntura) também tem ação antiinflamatória por estimular a produção de corticóides pela glândula supra-renal. A Auriculoterapia (ou a acupuntura) é mais que um analgésico, combatendo a dor através da resolução do processo inflamatório que a causa. Há similaridades entre os efeitos da Acupuntura e da Auriculoterapia, os obtidos pela serotonina, que é um neuromediador produzido pelo nosso cérebro.

 

Copyright© 2009 Márcia Cristina Gil Terapeuta Holística - Todos os direitos reservados. - Mapa do Site
Projeto: DesignR / Desenvolvimento: Web3dr